(61) 3445-0595 (61) 3445-0596

Residência Médica Santa Lúcia

Em 2018, foi iniciada a residência médica em Oncologia Clínica no Hospital Santa Lúcia, aprovada pelo Ministério da Saúde (MEC) e pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). São duas vagas de residência médica para Oncologia Clínica por ano. As vagas são preenchidas após prova teórica e avaliação de currículo.

O programa prático e teórico abrange os quesitos necessários para a formação acadêmica e de excelência de um médico oncologista e baseia-se nas recomendações da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC). Os residentes estão sempre sob supervisão dos médicos oncologistas do Grupo Santa.

A residência médica em Oncologia valoriza o academicismo no Hospital Santa Lúcia. Acreditando que formar profissionais é um grande e importante desafio, uma postura diária e que exige comprometimento e busca contínua por conhecimento, atualização científica e melhorias no serviço. Grandes talentos sempre aparecem e geram interesse por onde passam.

O Hospital Santa Lúcia é hoje referência de qualidade em atendimento ao paciente em Brasília. Dentro do Hospital é possível encontrar a maioria das especialidades médicas, com uma excelente equipe clínica, cirúrgica, de Radiologia, de Radioterapia e de Medicina Intensiva. Em relação à Oncologia, existe um serviço completo e de excelência, segmentado por áreas (especialistas em câncer de mama, de ovário, urológico etc.), com um ambulatório e enfermaria específicos e onde esses pacientes são tratados da melhor maneira possível e sempre com embasamento teórico. Fazer residência médica em um serviço de excelência onde o melhor é o que é feito para o paciente é sem dúvida um grande passo para uma carreira de sucesso.

Além disso, o Hospital possui uma preocupação constante com a formação dos residentes, que participam de aulas teóricas pelo menos três vezes por semana e estão constantemente atualizando-se. Há também uma política de incentivo por parte da direção do Hospital para ensino e pesquisa no Santa Lúcia.

O objetivo enquanto formadores de profissionais é fazer com que a residência médica em Oncologia seja uma das melhores do país e, para isso, programas de residência de grandes instituições de tratamento do câncer no país servem como referência. Os residentes são estimulados a fazer estágios fora do serviço e do país para que possam ter uma formação completa e experiências diversas.