CAMPANHA EM BRASÍLIA CRIA UMA VIAGEM RUMO À PREVENÇÃO DO INFARTO

O público já está acostumado às promoções e eventos que alteram a aparência dos shoppings centers. De exposições a sorteios, parece que todos os gêneros já foram explorados. No entanto, quem acha que não há mais espaço para criatividade está enganado. Nos últimos dias, entrar no Brasília Shopping tem sido uma experiência surpreendente. Uma réplica perfeita de um coração humano chama a atenção, inclusive de médicos especialistas em cardiologia.

 

 

Impossível não ficar curioso com a novidade. “É A Viagem Fantástica diante de nossos olhos” — comenta o cardiologista Lázaro Miranda, do Hospital Santa Lúcia, em alusão ao longa-metragem americano de 1966. Na ficção, os cientistas encolhem seres humanos para injetá-los no organismo dos pacientes. A aventura no meio de bactérias, células e tecidos foi marcante na época.

 

 

Agora, 48 anos depois, é possível viver uma experiência parecida, como explica o Dr. Lázaro: “O coração exposto é um órgão doente. Uma válvula sadia, a outra não; uma coronária normal, a outra obstruída por placas de gordura. O convidado poderá compará-las e conhecer os fatores de risco que causaram a doença”.

 

 

Mega Heart — nome original da peça exposta em Brasília — jamais havia saído dos Estados Unidos. Foi trazido para reforçar a campanha do Grupo Santa de prevenção de doenças cardíacas. Para o Dr. Gustavo Rodrigues, do Hospital Santa Helena, observar o que pode acontecer a qualquer um dos visitantes é um reforço nas recomendações comuns nos consultórios: “Em geral, alertamos os pacientes no consultório, mas isto nem sempre funciona. Caminhar por uma válvula obstruída será como ver o que pode acontecer com o próprio corpo. É uma mensagem muito convincente”.

18/10/2014
   |   Fonte: Ascom - Grupo Santa

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box