Como tratar disfunção erétil?

A disfunção erétil é um dos distúrbios sexuais mais comuns. Sua frequência aumenta com a idade e quando há doenças associadas ou hábitos de vida indesejados (diabetes, excesso de gordura no sangue, obesidade, tabagismo, sedentarismo). A primeira linha para tratar essa disfunção são medicamentos que facilitam a ereção que, nos casos leves a moderados, mostram boa resposta. Na ausência de resultados satisfatórios, a alternativa é a injeção intracavernosa de medicações de ação dilatadora sobre o tecido erétil peniano, que proporciona rigidez na maior parte dos casos. As próteses penianas passam a ter indicação quando há falha terapêutica ou insatisfação com os demais métodos. Tais próteses são de basicamente dois tipos, as semirrígidas e as infláveis. Os urologistas do corpo clínico do Hospital Santa Lúcia estão aptos para dar esclarecimentos sobre os métodos e podem oferecer a melhor opção de tratamento para cada situação.

 

José Carlos Laydner – CRM-DF 7181
Urologista

 

Todos os domingos na Revista do Correio Braziliense temos um espaço para você, leitor, tirar dúvidas sobre alguma especialidade médica. Envie sua pergunta para comunicacao@santalucia.com.br e participe de nossa coluna.

 

24/03/2013
   |   Fonte: Informe Publicitário - Correio Braziliense

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box