Especialistas apresentam melhores práticas no controle das infecções hospitalares

Evento científico realizado pelo Hospital Santa Lúcia teve a segurança do paciente como centro dos debates

 

Prevenir e minimizar o risco de infecções relacionadas à assistência à saúde, implantar rotinas e protocolos cada vez mais eficazes para garantir a segurança dos pacientes e aperfeiçoar os métodos diagnósticos precoce de possíveis infecções. Esses foram os principais temas tratados durante o I Simpósio de Prevenção e Controle de Infecção Hospitalar, realizado pelo Núcleo de Infecções Relacionadas à Assistência em Saúde do Hospital Santa Lúcia (Niras/HSL) no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília, nos dias 13 e 14 de setembro.

 

o evento reuniu os principais especialistas do país e contou com a presença de aproximadamente 120 médicos, enfermeiros e farmacêuticos em cada dia de atividades, além de representantes da Gerência Técnica da ANVISA e da Gerência de Riscos em Serviços de Saúde da Secretaria de Saúde do Governo de Brasília. Mesas redondas enriqueceram os debates com a participação da plateia, que se mostrou bastante interessada e trouxe um alto nível de perguntas.

 

“O Simpósio foi um marco para Brasília e para os profissionais. Brasília precisa de eventos científicos e, pela falta deles, muitos profissionais vão buscar conhecimento e atualização em outros estados. Por isso, foi muito importante trazermos para cá profissionais com grande referência e, principalmente, demonstrar que o Hospital Santa Lúcia é líder em boas práticas na região Centro-Oeste”, avalia a enfermeira Vanessa Brito, integrante do Niras/HSL.

 

De acordo com ela, as discussões sobre as melhores práticas nas ações e no cuidado ofertado pelas equipes multiprofissionais de saúde vão constribuir para o aperfeiçoamento dos serviços. “Traremos ideias e discussões do evento para a prática, revisando os protocolos já existentes, realizando seminários internos e capacitações para os nossos colaboradores, com o apoio dos setores de qualidade e educação continuada”, afirma Vanessa Brito.

 

DEBATE QUALIFICADO – Nos dois dias do evento, que passa a fazer parte do calendário do Hospital Santa Lúcia em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Sepse, celebrado em 13 de setembro, foram apresentadas novas tecnologias para a prevenção e controle da Sepse – infecção do organismo causada por agentes externos -, com extensa bibliografia e evidências encontradas em pesquisas e estudos internacionais.

 

Entre os principais palestrantes e debatedores do Simpósio estavam Dirceu Carrara, enfermeiro chefe da Comissão de Controle da Infecção Hospitalar do InCOR – SP; Felipe Oliveira, diretor de Projetos do IQG – Health Services Accreditation; e Felipe Dal Pizzol, médico Intensivista e integrante do Instituto Latino Americano de Sepse.

 

Também participaram do evento Ricardo Zimerman, coordenador do GT da ANVISA de diagnóstico e prevenção de infecção primária de corrente sanguínea e membro da Câmara Técnica de Monitoração de Resistência Microbiana da ANVISA; Lessandra Michelim, presidente da Sociedade Gaúcha de Infectologia, entre outros especialistas de renome nacional.

19/09/2016

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box