GRUPO SANTA É PIONEIRO NO SERVIÇO INTEGRADO DE ONCOLOGIA NO DISTRITO FEDERAL

Hospitais Santa Lúcia, Prontonorte e Santa Helena oferecem, em um único grupo hospitalar, equipe multidisciplinar aliada à alta tecnologia para o diagnóstico e tratamento do câncer

 

 

O Centro Oncológico do Grupo Santa, composto pelos hospitais Santa Lúcia, Prontonorte e Santa Helena,  é pioneiro em Brasília em prestação de serviço integrado para o tratamento de câncer. Em um ambiente confortável e humanizado, o paciente conta com serviço de oncologia ambulatorial, hematologia, estrutura 24 horas para atendimento emergencial pós-quimioterápico, transplante de medula óssea, radioterapia, medicina nuclear com PET–CT e radiologia.

 

 

De acordo com o hematologista do Grupo, Eduardo Ribeiro, a concentração dos serviços em um mesmo local promove mais segurança, agilidade e acolhimento, tendo como resultado um tratamento específico para cada indivíduo assistido. “O paciente que hoje é atendido em  unidades de oncologia necessita de suporte remoto de hospitais nos casos de intercorrências, seja para realização de exames, atendimento de emergência, consultas ambulatoriais em outras especialidades ou mesmo internação”, afirma. Para o médico, tais facilidades oferecem comodidade para o paciente, que não precisa se deslocar. “Ele passa a ter mais tranquilidade e pode se concentrar melhor no enfrentamento da doença”, completa Dr. Eduardo.

 

 

A oncologista clínica Patrícia Schorn acrescenta: “estar inserido em um ambiente hospitalar
que proporciona agilidade ao serviço é imprescindível para um tratamento mais eficaz e menos doloroso”. A médica observa que a assistência ao paciente é 24 horas, principalmente
nos casos de atendimento emergencial pós-quimioterápico.

 

O tratamento do câncer pode ser feito através da realização de cirurgias, radioterapia ou quimioterapia de forma isolada ou combinada, dependendo da região ou órgão de origem do
câncer e do grau de invasão do tumor. Além dos serviços hospitalares (cirurgia, terapia intensiva e emergência clínica e cirúrgica 24 horas), muitas vezes é necessário o uso de medicamentos antineoplásicos (quimioterapia) para sucesso do tratamento. Esta etapa é conduzida por especialistas em oncologia clínica e hematologia. “Quanto maior a tecnologia disponível para avaliação do caso, menor é a agressividade e mais resolutividade para a condução do tratamento”, informa Patrícia Schorn.

 

O Hospital Santa Lúcia oferece serviços integrados em emergência clínica e cirúrgica 24 horas, terapia intensiva e atendimento ambulatorial. Saiba mais:

 

Day Clinic

Uma alternativa para evitar a internação hospitalar, o Day Clinic é o tratamento
quimioterápico feito no hospital somente durante o dia, com administração de medicamentos em sala ampla e confortável.

 

Farmácia Oncológica
Trabalha com medicamentos de referência. A atuação do farmacêutico está voltada para o preparo dos quimioterápicos antineoplásicos nos pacientes, após criteriosa análise da prescrição médica. Também proporciona orientações com relação às reações adversas durante o tratamento.

 

Medicina Nuclear
Esta especialidade médica oferece procedimentos com radioisótopos de última geração, com finalidade diagnóstica e terapêutica. São realizadas as mais diversas cintilografias, através de gama-câmaras com tecnologia avançada, que auxiliam em cirurgias radioguiadas de mama, melanoma e paratireoides, dentre outras. O Hospital conta ainda com a tecnologia PET-CT, de grande impacto na conduta do paciente oncológico pela sua alta capacidade de detecção precoce de tumores. 

 

Radioterapia
A unidade possui equipamentos modernos, como dois aceleradores lineares Varian, uma unidade de braquiterapia de alta taxa de dose (HDR), salas de enfermagem e planejamento e consultórios. A equipe está alinhada a protocolos de condutas clínicas, com rígido controle de qualidade e com máximo de segurança nos procedimentos. Trabalham em conjunto radioterapeutas, físicos e enfermeiros.

 

Transplante de Medula Óssea
O Santa Lúcia é o único hospital particular no Distrito Federal a executar todas as etapas do transplante autólogo de medula óssea em um mesmo ambiente — desde a coleta, congelamento, armazenamento e processamento até a transfusão.

05/05/2014
   |   Fonte: revista Sua Saúde

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box