Medicina Nuclear é grande aliada no diagnóstico e tratamento de doenças

Medicina nuclear é a especialidade médica que oferece procedimentos diagnósticos e terapêuticos com radioisótopos. Ela tem sido cada vez mais necessária no suporte de doenças de alta complexidade. O médico Gustavo Gomes, especialista em medicina nuclear e diretor responsável pelo Sistema de Qualidade do Núcleos – Centro de Medicina Nuclear, destaca a importância da especialidade na assistência médica: “Os avanços tecnológicos nos possibilitam uma alta acurácia diagnóstica, permitindo ao médico que solicita o exame indicar a melhor conduta para o paciente.”, diz o médico.

 

 

No diagnóstico de câncer, por exemplo, a tecnologia PET–CT vem revolucionando a investigação de tumores pela sua alta precisão, potencial de localização e detecção precoce. Pode-se citar ainda as Gamas-Câmaras de última geração, que possuem a técnica SPECT–CT e fazem diferentes tipos de exames, dentre eles as cintilografias miocárdica, óssea, renal e cerebral. O método é importante para visualizar com nitidez a funcionalidade dos órgãos. Recentemente, para a detecção de processos inflamatórios/ infecciosos, são realizadas a pesquisa de corpo inteiro com leucócitos marcados e a com anticorpos monoclonais marcados (Scintumun). Outra importante tecnologia disponibilizada pelo serviço de medicina nuclear é o Gama-Probe, para auxílio em cirurgias radioguiadas de diversos tumores e lesões suspeitas.

 

 

Na área de terapias, são realizados tratamentos com excelentes resultados, principalmente para patologias tireoidianas, tumores neuroendócrinos, dores ósseas causadas por metástases, lesões hepáticas e dores articulares. O tratamento de tumores neuroendócrinos não operáveis ou metastáticos com o octreotato–177Lu possui grande destaque. “Esse tratamento nos oferece cerca de 50% de resposta completa (desaparecimento da doença) ou parcial (redução maior ou igual a 50% das lesões)”, diz o Dr. Gustavo Gomes. Vale mencionar a presença de apartamentos adequados para a internação de pacientes submetidos a essas terapias (quartos terapêuticos) no Hospital Santa Lúcia.

 

 

 

Mais segurança e qualidade na assistência

O Núcleos – Centro de Medicina Nuclear mantém uma parceria sólida com o Hospital Santa Lúcia há mais de 20 anos, com instalações nas dependências desta instituição. A parceria entre o Núcleos e o Santa Lúcia traz grandes vantagens ao paciente, pois possibilita um atendimento integrado ao reunir, em um mesmo local, serviços completos e equipes médicas multidisciplinares. Isso representa mais qualidade e segurança na assistência. O completo parque tecnológico do Núcleos é aliado à expertise de uma equipe altamente capacitada e funciona 24 horas com todo o suporte que um hospital geral de alta complexidade pode oferecer.

04/08/2013
   |   Fonte: Equipe do Site

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box