Oncologia Integrada

Pioneiro em tratamento de câncer, o Santa Lúcia integra quimioterapia, hematologia e radioterapia aos serviços do Hospital

 

 

 

Referência em atendimento assistencial de alta complexidade, o Hospital Santa Lúcia vem investindo na aquisição de equipamentos de ponta, equipes de referência e estrutura diferenciada para o tratamento do câncer. O Centro de Oncologia oferece aparato tecnológico de excelência, aliada a equipe altamente capacitada, dividida em focos de atuação para tratamentos quimioterápicos, hematologia, transplante de medula óssea e radioterapia, esse último realizado no Hospital desde 1996. Hoje o Centro de Oncologia assiste mais de 450 pacientes por mês, distribuídos entre suas especialidades e integrados aos serviços e rotinas do Santa Lúcia. 

 

 

Na Radioterapia o Hospital realiza tratamentos de IMRT (Radioterapia com Modulação da Intensidade do Feixe) e IGRT (Radioterapia Guiada por Imagem), que permitem proteger os órgãos sadios e concentrar a dose no volume tumoral. Desde 2008, iniciaram-se os tratamentos de radiocirurgia e radioterapia estereotáxica craniana e extracraniana na Unidade. Atualmente, estes são considerados procedimentos padrão e realizados por equipe com vasta experiência adquirida durante todos esses anos, coordenada pela oncologista Patrícia Schorn e pelo hematologista Eduardo Ribeiro. 

 

 

Técnica inovadora, o Planejamento Radioterápico com utilização do exame de PET-CT, é um diferencial diagnóstico desta patologia que promove a melhor localização e estadiamento do tumor, além de aumentar as chances de cura e minimizar os efeitos colaterais agudos e tardios no paciente. Poucas instituições hospitalares no Brasil dispõem dessa tecnologia, sendo o Hospital o único no Centro-Oeste. 

05/04/2014
   |   Fonte: Informe Publicitário - Revista Veja Brasília

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box