Por que os pacientes internados em UTI devem ser avaliados e acompanhados por uma equipe multidisciplinar de terapia nutricional (EMTN)?

Mesmo com os avanços da Terapia Nutricional, a desnutrição pode chegar a 65% dos pacientes internados em UTI. Geralmente, eles têm infecções graves, traumatismos ou estão no pós-operatório de grandes cirurgias e podem ficar desnutridos por causa de fatores como ingestão diminuída, gasto energético aumentado ou diminuição da absorção de nutrientes. Uma EMTN é formada por médico, farmacêutico, enfermeiro e nutricionista treinados especificamente para a Terapia Nutricional. O objetivo é identificar, intervir e acompanhar o tratamento de distúrbios nutricionais. Na Alemanha, estudos concluíram que, nos hospitais que dispõem dessa equipe, os pacientes ficaram menos tempo internados e menos vulneráveis a complicações como as metabólicas. O Hospital Santa Lúcia cumpre a determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e possui, de fato, equipe multidisciplinar de terapia nutricional completa, trabalhando, diariamente, para evitar a desnutrição dos pacientes internados.

 

Fabiano Girade Corrêa – CRM-DF: 13062
Nutrólogo 

 

Todos os domingos na Revista do Correio Braziliense temos um espaço para você, leitor, tirar dúvidas sobre alguma especialidade médica. Envie sua pergunta para comunicacao@santalucia.com.br e participe de nossa coluna.

30/12/2012
   |   Fonte: Informe Publicitário - Correio Braziliense

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box