Qual a relação entre diabetes e doenças circulatórias?

Grande parte das complicações clínicas do diabetes está relacionada ao sistema circulatório. Dois tipos de doenças vasculares são mais comuns em pacientes diabéticos: a microangiopatia — doença da microcirculação (capilares), responsável pelas alterações na retina e em nervos periféricos — e a macroangiopatia (aterosclerose) — doença da grande circulação, que acomete artérias do coração e as periféricas (pernas, braços). A aterosclerose em diabéticos apresenta características similares às identificadas em não diabéticos; entretanto, tem início precoce e difuso e evolui rapidamente para um quadro grave, aumentando o risco de infarto do miocárdio e amputação de membros inferiores.

 

Como alternativa para prevenção dessas e de outras complicações relacionadas ao diabetes, é necessário rigoroso controle da doença através de acompanhamento constante com equipe multidisciplinar (cirurgião vascular, endocrinologista, cardiologista), além da prática de exercícios físicos regulares. O Santa Lúcia oferece ampla estrutura para tratamentos vasculares e do diabetes. 

 

Roberto Alves – CRM-DF 9264
Cardiologista

 

Todos os domingos na Revista do Correio Braziliense temos um espaço para você, leitor, tirar dúvidas sobre alguma especialidade médica. Envie sua pergunta para comunicacao@santalucia.com.br e participe de nossa coluna.

10/03/2013
   |   Fonte: Informe Publicitário

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box