Santa Lúcia investe na melhoria contínua dos seus processos

O bem-estar e a segurança dos pacientes, somados à qualidade dos serviços por nós prestados, representam um dos grandes pilares do Hospital Santa Lúcia. Com objetivo de melhoria contínua, a instituição introduziu recentemente em seus processos de gerenciamento a metodologia Lean Six Sigma (LSS). Trata-se de uma ferramenta de gestão que promove, entre outros benefícios, a otimização dos fluxos de trabalho, com consequentes vantagens ao paciente, como redução em erros de medicação, redução do tempo de permanência e, sobretudo, a efetividade no plano terapêutico.

 

 

Gestores de áreas assistências e administrativas compartilharam experiências e discutiram essa ferramenta com os palestrantes de uma empresa parceria da instituição que atua com o método. Foram propostos, dentre os principais temas, o mapeamento de fluxos para aperfeiçoá-los e evitar desperdícios, a sinalização dos processos produtivos importantes e o desenvolvimento de um plano de ação para aumentar a efetividade técnica e financeira. De acordo com a gerente de Práticas Assistenciais do Grupo Santa Lúcia, Dárcia Lima, a aplicação desse conceito se traduzirá em um atendimento mais rápido e seguro, reduzindo o tempo de espera na execução dos procedimentos, alinhado a um plano terapêutico personalizado ao paciente. “O resultado clínico assertivo é a garantia da satisfação do paciente. A metodologia Lean Six Sigma aliada às metas internacionais de segurança do paciente reflete nossa preocupação com o processo saúde-doença”, diz a gerente.

 

 

O setor selecionado para iniciar a experiência dessa ferramenta foi Centro Cirúrgico, que agregou outros processos que se relacionam com a unidade, como Agendamento, Central de Leitos, Almoxarifado, Farmácia e Unidades de Internação, Recursos Humanos e Comunicação. “A expectativa é consolidar o método e desenvolver as atividades propostas para o Centro Cirúrgico e, posteriormente, disseminar para os demais processos primários da Instituição e ampliar para o Grupo Santa Lúcia a médio e longo prazo”, destaca Dárcia.

 

 

Em seguida, foi realizada uma conferência simultânea com o Dr. Carlos Frederico Pinto, do Instituto de Oncologia do Vale, unidade de referência do método no Brasil, para ampliar a compreensão sobre o tema. “É um momento de vanguarda no Distrito Federal e nosso objetivo principal é construir um sistema de saúde mais seguro para todos”, finaliza a gerente.

09/09/2013
   |   Fonte: revista Sua Saúde

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box