Touca térmica pode diminuir queda de cabelo em mulheres com câncer de mama

Manter a autoestima durante o tratamento de câncer de mama não é uma tarefa simples. As mulheres que precisam passar por sessões de quimioterapia, além de sofrer com as reações da medicação — como náuseas e falta de apetite —, também correm o risco perder os cabelos, o que evidencia a doença e pode deixá-las sem ânimo para o convívio social.

 

Para minimizar esses efeitos e contribuir com o bem-estar das pacientes em tratamento, o Hospital Santa Lúcia Sul (HSLS) disponibiliza toucas térmicas, que auxiliam na prevenção da queda de cabelo. “Elas diminuem os danos que o medicamento causa no folículo capilar porque reduzem alguns graus de temperatura antes, durante e após a administração da quimioterapia”, explica a oncologista do HSLS, Ana Carolina Salles.

 

Segundo a médica, o resfriamento do couro cabeludo leva à constrição dos vasos que o irrigam, minimizando a chegada da quimioterapia à região e, assim, os impactos de sua toxicidade. Todavia, ela alerta para o fato de que, a depender do medicamento utilizado, a touca pode ser mais ou menos eficaz.

 

“Em esquemas de tratamento com menor toxicidade para os folículos capilares, a chance de sucesso com o uso da touca para evitar a queda de cabelo pode ser grande. Já quando os medicamentos ou quimioterapias apresentam maior impacto, como no caso da antraciclina convencional, a chance de perda dos cabelos é de praticamente 100% e, neste caso, a touca pode ajudar pouco”, detalha a especialista.

 

CÂNCER DE MAMA – O câncer de mama é o segundo tipo mais comum de tumor entre pessoas do sexo feminino no Brasil e no mundo e atinge com mais frequência aquelas a partir dos 50 anos de idade. Entre as suas principais causas estão o histórico familiar da doença, além de fatores externos como ingestão elevada de álcool, obesidade e sedentarismo.

 

Mulheres que não tiveram filhos ou que os tiveram após os 30 anos e aquelas que não amamentaram também possuem mais chances de desenvolver a doença. Por isso, fazer exames preventivos periódicos é fundamental para detectá-la em sua fase inicial e aumentar as chances de cura.

 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com uma alimentação saudável, prática de atividade física regular e manutenção do peso ideal.

 

23/10/2017

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

box